Diferença entre Gamificação e Aprendizagem Baseada em Jogos

Entenda a diferença entre Gamificação e Game-Based Learning

Muito discutida e principalmente abordada no meio empresarial, a Gamificação tem se tornado uma ferramenta de aprendizagem e treinamento cada vez mais utilizada, mas você sabe realmente o que é a gamificação e game-based Learning? Nessa série de posts vamos entender melhor o uso desses dois conceitos no âmbito corporativo.

Gamificação e Game-Based Learning

Ainda existe uma confusão grande quando falamos sobre Gamificação, muito confundida com o Game-Based Learning. Os termos, apesar de semelhantes são duas abordagens diferentes que transformam situações cotidianas e sociais através de funcionalidades e características de jogos.

Conceituando as abordagens

O conceito mais utilizado por autores do tema para definir a gamificação descreve a abordagem como “o uso de elementos, técnicas e design de jogos em contextos não-jogo”, ou seja, são utilizados componentes de jogos (como promover disputas com pontos, rankings, prêmios  e qualquer elemento da mecânica de jogo) para diferentes atividades, tornando-as mais divertidas e promovendo o engajamento. Além disso, encoraja outros atributos que são considerados importantes dentro do mundo corporativo como a competitividade, colaboração, aprender com suas escolhas, entre outros.

Exemplos práticos

Um dos vários exemplos de cases de sucesso com uso da gamificação está no site de ensino de idiomas Duolingo, que utiliza um formato onde os usuários são testados no idioma escolhido e acumulam pontos na plataforma, trabalhando assim os principais conceitos dos jogos, como as recompensas e desenvolvimento.

Área principal da plataforma onde o aluno visualiza as lições e seu progresso durante o aprendizado

Progresso do aluno pode ser visto pelas barras de desenvolvimento

Outro exemplo clássico que fez sucesso, foi a campanha de Kevin Richardson para incentivar os motoristas a respeitarem os limites de velocidade, implementada pela Volkswagen em um experimento numa avenida de Estocolmo, na Suécia. Através da gamificação de uma situação cotidiana, a ação promoveu motivação e mudou o comportamento dos motoristas, consequentemente diminuindo a velocidade média na via em 22%, que era o objetivo principal da ação.

Mas e o Game-Based Learning?

O game-based learning, ou aprendizado baseado em jogos, em português, é uma abordagem que utiliza jogos, analógicos ou digitais, com o objetivo de otimizar a experiência de aprendizagem. Nesse caso o jogo permite o entendimento de questões específicas através de simulações, tentativa e erro e resoluções de problemas.

Exemplos de Game-based learning

Exemplos da utilização de jogos no aprendizado escolar são mais comuns do que no mundo corporativo, por ser um apoio ao aprendizado, ajudando realizar uma melhor avaliação dos alunos e identificando pontos importantes na otimização do ensino.

Minecraft Education Edition é um ótimo exemplo de jogos que se adaptaram ao game-based learning, usando uma estrutura já existente de jogo para auxiliar no aprendizado e educação.

Fontes: HAYES, Paul. The global leadership of virtual teams in avatarbased virtual environments. 1st International Conference On Hci In Business, Hcib. Greece, p. 390-400. jun. 2014.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *